Pressione enter para ver os resultados ou esc para cancelar.

Linha do Tempo da Estácio - "Em 1988"

A Estácio conquista o status de Universidade e começa a crescer no município do Rio de Janeiro.

Posts Recentes!

Especialista em Telemedicina

Especialista em telemedicina: O que faz esse profissional?

A área de medicina, além de ter uma das carreiras mais buscadas por jovens, também é uma das mais importantes para desenvolvimento da sociedade e manutenção dela. Aliás, para além das tarefas tradicionais desse ramo, o especialista em telemedicina é um dos que mais tem se tornado destaque e demonstrado importância.

Especialista em Telemedicina

ESTÁCIO: Conheça os cursos da Estácio e ganhe até 30% de bolsa! Cliqueaqui e saiba mais: https://matriculas.estacio.br/cursos!

Ela corresponde à aplicação de ferramentas tecnológicas à prática médica, de forma a utilizar inovações da tecnologia a favor da saúde populacional e ao atendimento médico prestado. Dessa maneira, ela se caracteriza por ser inclusiva e democrática.

Abaixo, confira como é a carreira de um médico que atua na área e o que faz um especialista em telemedicina, profissão que tem se tornado cada vez mais relevante no atual cenário do mercado de trabalho voltado à saúde.

Telemedicina: O que é?

Conforme brevemente citado, esse ramo da medicina corresponde ao uso e aplicação de tecnologias para o desenvolvimento de trabalhos na área médica. Nele, é possível que o profissional da saúde preste serviços mesmo à distância, sem necessidade de que o paciente se desloque até um consultório, por exemplo.

Outras aplicações práticas dessa prática moderna da medicina correspondem à possibilidade de prestar atendimento para pessoas que residem em lugares remotos ou de difícil acesso. Também, destaca-se por auxiliar que o médico preste auxílio a uma emergência mesmo quando não estiver no local em que geralmente presta serviços, como em caso de viagens.

O conhecimento exigido para área é, basicamente, os mesmos que são exigidos de um médico quanto a diagnósticos, tratamentos e outros cuidados, somados à capacidade de uso das ferramentas de tecnologia que lhe permitem prestar serviços de medicina à distância.

O profissional especializado nessa área, portanto, torna-se especialista em telemedicina.

São diversas, aliás, as ferramentas que podem ser utilizadas por esses profissionais, uma vez que inúmeros aplicativos, sistemas e mecanismos tecnológicos são disponibilizados pelo avanço do desenvolvimento da tecnologia.

Especialista em Telemedicina

Entenda o que faz o especialista em telemedicina

Embora não haja exigência de que o profissional tenha conhecimento sobre programação de softwares é necessário que ele ao menos tenha conhecimento de como aplicar as ferramentas na prática da medicina e como elas funcionam.

Isso porque é por meio delas que eles terão acesso a alguns elementos essenciais para a prática médica e para o reconhecimento de eventuais doenças, diagnósticos e concessão de orientações principalmente àqueles que encontram dificuldade de deslocamento ou moram em locais de difícil acesso ou longínquos.

Dentre os elementos que poderão ser acessados pelo especialista em telemedicina com o auxílio de ferramentas tecnológicas estão exames, monitoração de dados e atualizações quanto ao estado de saúde. Outros documentos que podem ser obtidos ou emitidos são atestados e receitas médicas para a compra de remédios.

A popularização da internet e dos meios de comunicação, tais como computadores e celulares com conexão, permite que o médico preste seu trabalho de maneira muito mais ampla, abarcando pessoas que teriam dificuldade em levar adiante tratamentos e acompanhamentos.

Além disso, ela auxilia que diagnósticos sejam dados de maneira mais rápida e que tratamentos urgentes tenham início de forma imediata. Isso beneficia também as pessoas que tiveram atendimento presencial e cujas informações sobre os resultados de exames e orientações, por exemplo, podem ser cedidas de maneira mais rápida e remotamente.

Esse acesso, por sua vez, é possibilitado a todos os profissionais de saúde que possuem login e senha para adentrar em sistemas médicos. Neles, há permissão para que o profissional adicione e altere o cadastro de pacientes. Ainda, os dados podem ser manuseados e informações importantes sobre o indivíduo podem ser ressaltadas.

Assim, não só o especialista em telemedicina que acompanha atualmente o paciente pode ter acesso a tais informações de maneira remota. Ou seja, aqueles que futuramente venham a atendê-lo também poderão fazer uso desses dados e realizar alterações e adições relevantes.

Também, os profissionais que atuam com o auxílio dessas ferramentas da tecnologia são igualmente encarregados de realizar a digitalização de prontuários médicos. Esse aspecto também demonstra a facilidade no acesso de informações referentes ao histórico de saúde do paciente, assim como é sustentável na medida em que evita a emissão constante de documentos físicos.

Importância do especialista em telemedicina

Agora que você já sabe o que um profissional médico faz e como é sua forma de atuação, cabe analisar os benefícios trazidos pela digitalização da informação e acesso remoto tanto aos documentos relacionados à saúde quanto ao próprio paciente.

Em primeiro lugar, é inegável a possibilidade de incluir pessoas que normalmente estariam às margens do sistema de saúde. Esses indivíduos correspondem justamente àqueles que moram em lugares remotos ou possuem dificuldade de locomoção.

Outro aspecto que se destaca, em segundo lugar, é que pacientes que fazem tratamentos com profissionais médicos de outras cidades podem manter-se em contato com eles. Esse contato pode se traduzir na retirada de dúvidas, na concessão de novos documentos como exames para análise ou atestados e receitas médicas.

Por fim, a democratização da saúde e a possibilidade de acompanhamento trazem segurança tanto ao profissional que presta o serviço quanto ao paciente que possui alguém que lhe presta serviços remotos e, também, garante um cadastro de suas informações para futuras necessidades médicas.